CURTINDO COM UM DOS MAIORES EXÉRCITOS REBELDES DE MIANMAR
Estamos dirigindo por uma estrada de terra sinuosa entre as montanhas Daen Lao, Tailândia, há duas horas. O motorista acelera, tentando evitar os seis postos de controle do Exército Real Tailandês espalhados entre o vilarejo tailandês de Pang Mapha e a fronteira com Mianmar. Para evitar problemas diplomáticos, os soldados tailandeses — segundo nos disseram — recebem ordens para parar qualquer jornalista estrangeiro que tente passar pela fronteira.
Continue

CURTINDO COM UM DOS MAIORES EXÉRCITOS REBELDES DE MIANMAR

Estamos dirigindo por uma estrada de terra sinuosa entre as montanhas Daen Lao, Tailândia, há duas horas. O motorista acelera, tentando evitar os seis postos de controle do Exército Real Tailandês espalhados entre o vilarejo tailandês de Pang Mapha e a fronteira com Mianmar. Para evitar problemas diplomáticos, os soldados tailandeses — segundo nos disseram — recebem ordens para parar qualquer jornalista estrangeiro que tente passar pela fronteira.

Continue

NOVA YORK E HARRISBURG, PENSILVÂNIA

O Kern voltou para Nova York, fazendo o que ele faz de melhor (ou seja, fotografar mulheres jovens e atraentes nuas). Ele também viaja para o bairro pitoresco de Mechanicsburg, Pensilvânia, para fotografar uma dupla de irmãs que não têm nenhum problema em tirar suas roupas, tomar banho e rolar nas folhas na floresta juntinhas.

Continue

SEU PINTO PODE CAIR, PERGUNTE-ME COMO
Você, que é um leitor esperto, já conseguiu concluir que a pessoa que assina esta matéria (euzinha) não possui uma piroca. Sim, está corretíssimo, mas, como minha melindrosa não corre o risco de ser desmembrada de meu corpo (porém, ela pode ficar assim, então, sinta-se à vontade para escrever sobre como uma xoxota pode se transformar em uma couve-flor do inferno), senti que estava em minhas mãos reportar que não é tão difícil assim perder o pau. Ou transformá-lo em um alien.
Continue

SEU PINTO PODE CAIR, PERGUNTE-ME COMO

Você, que é um leitor esperto, já conseguiu concluir que a pessoa que assina esta matéria (euzinha) não possui uma piroca. Sim, está corretíssimo, mas, como minha melindrosa não corre o risco de ser desmembrada de meu corpo (porém, ela pode ficar assim, então, sinta-se à vontade para escrever sobre como uma xoxota pode se transformar em uma couve-flor do inferno), senti que estava em minhas mãos reportar que não é tão difícil assim perder o pau. Ou transformá-lo em um alien.

Continue

NENHUM HOMEM SERÁ DEIXADO PARA TRÁS
FOTOS POR VINCENT PERINIESTILO: ANNETTE LAMOTHE-RAMOS
Continue

NENHUM HOMEM SERÁ DEIXADO PARA TRÁS

FOTOS POR VINCENT PERINI
ESTILO: ANNETTE LAMOTHE-RAMOS

Continue

MENINAS MALVADAS
FOTOS POR ALAN YUCHESTILO: MIYAKO BELLIZZI
Continue

MENINAS MALVADAS

FOTOS POR ALAN YUCH
ESTILO: MIYAKO BELLIZZI

Continue

VENDO VIRILHAS
FOTOS POR CLAIRE MILBRATH
ESTILO: MILA FRANOVIC
Continue

VENDO VIRILHAS

FOTOS POR CLAIRE MILBRATH

ESTILO: MILA FRANOVIC

Continue

SEGURA A ONDA

FOTOS POR CAROLINE MACKINTOSH
ESTILO: ANEES PETERSEN
Modelo: Geoff pela John Wizards
Continue

SEGURA A ONDA

FOTOS POR CAROLINE MACKINTOSH

ESTILO: ANEES PETERSEN

Modelo: Geoff pela John Wizards

Continue

A MINA DO KERN DA SEMANA - JENNIFER
Toda semana – e até que ele fique de saco cheio de fazer isso –, o Richard Kern vai nos receber no seu apartamento e vamos vasculhar uma caixa enorme de arquivos fotográficos de sua longa carreira para uma série sabiamente chamada “A Mina do Kern da Semana”. Hoje apresentamos a Jennifer, uma mãe com mamilos maternais.
Continue

A MINA DO KERN DA SEMANA - JENNIFER

Toda semana – e até que ele fique de saco cheio de fazer isso –, o Richard Kern vai nos receber no seu apartamento e vamos vasculhar uma caixa enorme de arquivos fotográficos de sua longa carreira para uma série sabiamente chamada “A Mina do Kern da Semana”. Hoje apresentamos a Jennifer, uma mãe com mamilos maternais.

Continue

GÊNERO
FOTOS POR RICHARD KERNESTILO: MIYAKO BELLIZZI
Continue

GÊNERO

FOTOS POR RICHARD KERN
ESTILO: MIYAKO BELLIZZI

Continue

PASSAMOS UM FIM DE SEMANA NO VIDIGAL COM AS PEARLS NEGRAS
No Arvrão, no topo do morro do Vidigal, aproveitávamos nosso último pôr do sol carioca. Um morador da região, lá pelos seus setenta e poucos anos, convidou-nos para usufruir da vista de uma perspectiva privilegiada: da varanda de um hostel ainda em construção de onde avistávamos as praias de Ipanema e Leblon, a pedra do Arpoador e dezenas de lajes com crianças soltando pipas. 
Continue

PASSAMOS UM FIM DE SEMANA NO VIDIGAL COM AS PEARLS NEGRAS

No Arvrão, no topo do morro do Vidigal, aproveitávamos nosso último pôr do sol carioca. Um morador da região, lá pelos seus setenta e poucos anos, convidou-nos para usufruir da vista de uma perspectiva privilegiada: da varanda de um hostel ainda em construção de onde avistávamos as praias de Ipanema e Leblon, a pedra do Arpoador e dezenas de lajes com crianças soltando pipas. 

Continue

← Older
Page 1 of 96